Análise Ergonômica do Trabalho

       Postura adequada em atividades administrativas

A Análise Ergonômica do Trabalho serve para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos servidores visando a integridade física e saúde, analisando os agentes ergonômicos peculiares à atividade desenvolvida, conforme estabelece a legislação brasileira através da Norma Regulamentadora 17 do Ministério do Trabalho e Previdência.

O Serviço de Segurança e Higiene do Trabalho – UFV do campus Viçosa realiza a análise ergonômica do trabalho com o objetivo de levantar dados ergonômicos nos postos de trabalho onde são executadas as atividades, analisando os agentes ergonômicos peculiares à atividade desenvolvida.

A elaboração da análise se faz a partir do método de observação visual e anamnese no posto de trabalho, onde os dados coletados serão estudados e transformados em relatório, onde constarão algumas considerações e constatações que corrigidas irão melhorar substancialmente as condições ergonômicas na realização das tarefas.

Para tanto, levamos em consideração aspectos relacionados às características do local, os agentes ergonômicos observados, as medições de luminância e ruído, além da observação dos seguintes tópicos:


LEVANTAMENTO, TRANSPORTE E DESCARGA INDIVIDUAL DE MATERIAIS:

Transporte manual de cargas designa todo transporte no qual o peso da carga é suportado inteiramente por um só trabalhador, compreendendo o levantamento e a disposição da carga;

  • Transporte manual regular de cargas designa toda atividade realizada de maneira contínua ou que inclua, mesmo de forma descontínua, o transporte manual de cargas;

  • Não deverá ser exigido nem admitido o transporte manual de cargas, por um trabalhador cujo peso seja suscetível de comprometer sua saúde ou sua segurança;

  • Todo trabalhador designado para o transporte manual regular de cargas, que não as leves, deve receber treinamento ou instruções satisfatórias quanto aos métodos de trabalho que deverá utilizar, com vistas a salvaguardar sua saúde e prevenir acidentes;

  • Com vistas a limitar ou facilitar o transporte manual de cargas deverão ser usados meios técnicos apropriados;

  • Quando mulheres e trabalhadores jovens forem designados para o transporte manual de cargas, o peso máximo destas cargas deverá ser nitidamente inferior àquele admitido para os homens, para não comprometer a sua saúde ou a sua segurança;

  • O trabalho de levantamento de material feito com equipamento mecânico de ação manual deverá ser executado de forma que o esforço físico realizado pelo trabalhador seja compatível com sua capacidade de força e não comprometa a sua saúde ou a sua segurança.


MOBILIÁRIO DOS POSTOS DE TRABALHO

→ Para o trabalho manual sentado ou que tenha de ser feito em pé, as bancadas, mesas, escrivaninhas e os painéis devem proporcionar ao trabalhador condições de boa postura, visualização e operação e devem atender aos seguintes requisitos mínimos:

  • Ter altura e características da superfície de trabalho compatíveis com o tipo de atividades, com a distância requerida dos olhos ao campo de trabalho e com a altura do assento;

  • ter área de trabalho de fácil alcance e visualização pelo trabalhador;

  • ter características dimensionais que possibilitem posicionamento e movimentação adequados dos segmentos corporais.

→ Os assentos utilizados nos postos de trabalho devem atender aos seguintes requisitos mínimos de conforto:

  • altura ajustável à estatura do trabalhador e à natureza da função exercida;

  • características de pouca ou nenhuma conformação na base do assento;

  • borda frontal arredondada;

  • encosto com forma levemente adaptada ao corpo para proteção da região lombar;

→ Para as atividades em que os trabalhos devam ser realizados sentados, a partir da análise ergonômica do trabalho, poderá ser exigido suporte para os pés que se adapte ao comprimento da perna do trabalhador.


CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO TRABALHO

Nos locais de trabalho onde são executadas atividades que exijam solicitação intelectual e atenção constantes, tais como: salas de controle, laboratórios, escritórios, salas de desenvolvimento ou análise de projetos, dentre outros, são recomendadas as seguintes condições de conforto:

  • níveis de ruído de acordo com o estabelecido na NBR 10152, norma brasileira registrada no INMETRO;

  • índice de temperatura efetiva entre 20°C (vinte) e 23°C (vinte e três graus centígrados);

  • velocidade do ar não superior a 0,75m/s;

  • umidade relativa do ar não inferior a 40% (quarenta);

  • A iluminação geral deve ser uniformemente distribuída e difusa;

  • A iluminação geral ou suplementar deve ser projetada e instalada de forma a evitar ofuscamento, reflexos incômodos, sombras e contrastes excessivos.


ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

→ A organização do trabalho deve levar em consideração, no mínimo:

  • as normas de produção;

  • o modo operatório;

  • a exigência de tempo;

  • a determinação do conteúdo de tempo;

  • o ritmo de trabalho;

  • o conteúdo das tarefas.

→ Nas atividades que exijam sobrecarga muscular estática ou dinâmica do pescoço, ombros, dorso e membros superiores e inferiores, e a partir da análise ergonômica do trabalho, deve ser observado o seguinte:

  • devem ser incluídas pausas para descanso;

  • quando o retorno do trabalho, após qualquer tipo de afastamento igual ou superior a 15 (quinze) dias, a exigência de produção deverá permitir um retorno gradativo aos níveis de produção vigentes na época anterior ao afastamento.


AGENDAMENTO DE ANÁLISE ERGONÔMICA

Observação: atualmente, a Análise Ergonômica é realizada apenas no campus Viçosa, visto a necessidade de profissionais multidisciplinares não existentes nos demais campus. 

Para agendamento, entrar em contato através do e-mail segurancadotrabalho@ufv.br ou pelo Telefone (31) 3612-2230.


GINÁSTICA LABORAL

O objetivo da ginástica laboral é promover a saúde no trabalho, principalmente naqueles em que há movimentos repetitivos.


PROGRAMA WORKRAVE

O programa Workrave é uma plataforma disponível para linux. É um ótimo programa para quem passa horas no computador sem fazer pausas. Evite dores nas costas e nas articulações enquanto fica horas no computador. Ajuda muito a visão cansada do final do dia e diminui dores de cabeça.

WINDOWS: Clique aqui para fazer o download do programa e aqui para baixar o manual de instalação e utilização.

LINUX: Clique aqui para baixar o manual de instalação e utilização.

© 2020 Universidade Federal de Viçosa - Todos os Direitos Reservados